Guest Post BFOH | Travelers

Já pensou em poder viajar no tempo? Ir para o futuro e ver como a humanidade progrediu ou regrediu? Ou então voltar ao passado e impedir que algo aconteça ou mesmo para conhecer alguém famoso que já morreu. Acredito que viajem no tempo é um assunto que desperta a curiosidade de todos (é um assunto que me interessa muito) e por isso decidi indicar para você uma série que aborda esse assunto, e não, não vou falar de Doctor Who, não hoje pelo menos.

No futuro a humanidade foi quase toda extinta, seus sobreviventes criam uma forma de viajar ao passado para que viajantes voltem ao século 21 com a missão de evitar que algumas coisas aconteçam e com isso fazer com que o futuro se torne um lugar melhor. Travelers é uma série de ficção científica coprodução entre a Netflix e o canal Showcase, atualmente com uma temporada (a segunda temporada vai ser lançada ainda esse ano) de 12 episódios de 40 à 50 minutos de duração.

Todo Mundo Odeia o Chris

Você já parou para pensar nas séries que marcaram a sua infância? Pois é, este é exatamente o tema da Blogagem Coletiva do Blogs Fantásticos e Onde Habitam. Sim, eu e o projeto estamos de volta! Todo Mundo Odeia o Chris foi a série que mais marcou meu coração, e aposto que e o de muita gente também. Assisti 592 vezes todos os episódios de tantas vezes que passava na Record, e sempre ria das mesmas piadas. O seu humor natural em cada episódio com aquela pitada de crítica me fazem refletir em quanto essa série é maravilhosa.

O Acidente Nuclear de Chernobyl

Hoje faz 31 anos que ocorreu um dos piores acidentes nucleares até o momento. Apesar de ser um fato triste, acho muito interessante falar sobre Chernobyl, já que foi um acidente, causado pelo homem, com grandes consequências.  Na cidade de Chernobyl, na Ucrânia ocorreu um dos piores acidentes nucleares até hoje, tão grave que foi classificado como nível 7 na Escala Internacional de Acidentes Nucleares. O acidente acabou prejudicando não apenas a cidade, mas boa parte da região e do país. Na época, a usina tinha 4 reatores e mais 2 em construção, ela era responsável por mais o menos 10% da energia utilizada na Ucrânia.

Resenha: O menino que desenhava monstros

“Jack Peter Keenan vive em um vilarejo disperso na costa do Maine com seus pais. É inverno, há tempestades de neve, e o mar congelante e a sombria floresta de pinheiros isolam a família de todos, com exceção de uns poucos amigos. O silêncio se torna ameaçador e ruídos inexplicáveis provam que os Keenan não estão sozinhos.” Esse mês tem blogagem coletiva do projeto Blogs Fantásticos e Onde Habitam, com o tema Livros, Séries ou Filmes. Para não encher o blog com um só assunto resolvi variar um pouco HAEUHEAUHEAU. A primeira resenha do blog será sobre um dos livros que eu AMEI o final da história e já quero adaptação para o cinema.

O livro contra a história de Jack Peter, um guri de 10 anos, que tem a síndrome de Asperger, cujo a mesma afeta a capacidade de se socializar. O problema só piorou quando alguns anos antes ele e seu amigo Nick se afogaram, Jack acabou ficando com medo de sair de casa e agora ele só sai para ir ao médico. A única companhia que o guri tem, além dos pais, é seu único amigo Nick que vai lá brincar com ele. Peter tem o hobbie de desenhar monstros e já afirmou várias vezes de que o que ele desenha é real. Ninguém acredita no menino, até que algumas bizarrices começam a acontecer.

1234